"Os efeitos do prazer são absolutamente positivos. Do ponto de vista físico, ele estimula a circulação sangüínea e aumenta a energia. 
Entre os efeitos emocionais estão um aumento da auto-estima, da autoconfiança e da perspicácia da mente. Do ponto de vista espiritual,
propicia uma maior valorização de seus dons e contribui para uma visão mais clara da vida."
Harold H. Bloomfield e Robert B. Kory
Inner Joy

 

A importância do toque...

A pele tem função imunológica, está cientificamente comprovado por numerosas pesquisas. Os pesquisadores descobriram que quando acariciada, a camada externa da pele, a epiderme, produz uma  substância que é indistinguível imunoquimicamente da timopoietina, hormônio da glândula timo, que está ativa na diferenciação de linfócitos T. Os linfócitos T são responsáveis pela imunidade celular. Eles têm origem nas células que são produzidas na medula óssea e migram (pelo menos metade delas) para a glândula timo, onde são processadas até se tornarem os linfócitos T. Ainda não é conhecido o processo pelo qual o timo confere competência imunológica aos linfócitos T, dotando-os da capacidade de se diferenciarem em células capazes de desempenhar funções especificamente imunológicas. Existem milhares de linfócitos T individualmente diferentes, cada um deles capaz de reagir a um antígeno específico e de destruí-lo.
 
Os estímulos táteis aumentam o potencial elétrico do corpo. O aumento do potencial elétrico age sobre as células e glândulas produzindo um resultado fisiológico com efeitos sobre a mente e as emoções, produzindo reflexos sobre o comportamento. As pesquisas mais recentes comprovaram que há alterações fisiológicas e bioquímicas quando a superfície da pele é bem estimulada.

A eletricidade do corpo...

 

O corpo humano é composto de 64% de solução salina chamada na medicina de "soro fisiológico" que é um bom condutor de eletricidade. A solução salina é chamada na eletrotécnica de "solução eletrolítica" que em contato com as células nervosas, gera bioeletricidade química. A cada batida do nosso coração (pulsação) produz-se uma corrente de um ciclo por segundo de um watt de potência elétrica dissipada. A potência elétrica e a resistência do corpo humano variam de um indivíduo para outro: dependem da constituição orgânica das células e da condutibilidade do corpo. Dessa maneira verifica-se que o ser humano é uma máquina elétrica! Somos constituídos dos mesmos elementos do Universo: Moléculas, átomos, prótons, nêutrons e elétrons. Matéria e Energia são a mesma coisa: Matéria é a condensação da energia; energia é a desintegração da matéria.
 
Segundo Einstein, todo corpo, em virtude da sua constituição atômica, possui um campo de energia eletro-magnética (aura do ser humano), fotografável pela câmara de Kirlian. O sistema nervoso constitui a rede de distribuição elétrica e as células são os semicondutores, funcionando à semelhança dos diodos e transmissores. A bioeletricidade pode ser detectada através do eletrocardiograma e do eletro-encefalograma. A tensão eletrostática gerada durante as 24 horas do dia pode ser medida por meio de um sensível voltímetro eletrostático. Para medi-la, o indivíduo pisa numa placa metálica na qual se liga o eletrodo negativo no voltímetro com a mão segurando firmemente no eletro do positivo. O instrumento deverá acusar leituras que variam de 5.000 a 20.000 volts eletrostáticos.
 
A resistência do corpo humano pode ser medida facilmente pelo aparelho chamado "ohmimetro". A tensão eletrostática e a resistência do corpo humano variam de indivíduo para indivíduo e o instrumento poderá indicar leituras que variam de 500 a 500.000 ohms de resistência à corrente elétrica.
 
A condutibilidade varia com as características da pele: pele seca apresenta alta resistência, pele úmida apresenta baixa resistência. Analogamente, como se passa nos isoladores e condutores de eletricidade, o corpo humano acumula eletricidade quando a resistência é alta e descarrega eletricidade com facilidade quando a resistência é baixa. Uma das características mais marcantes do trabalho com o Tantra é a emoliência e a umidificação dos tecidos orgânicos. Reich observou que a estimulação orgônica no corpo humano aumenta naturalmente em até 30% o seu percentual de umidade relativa. Esses dois aspectos se fundem na produção de fenômenos sensoriais muito interessantes, relacionados ao orgasmo e ao prazer.
 
É indispensável para o ser humano manter o equilíbrio elétrico do seu corpo. O equilíbrio elétrico está relacionado com a saúde física, mental e emocional do indivíduo. Através dessa fonte elétrica, o ser humano funciona como uma estação de rádio, irradiando som e imagem, a semelhança da televisão. Se o ser humano se familiarizar com essa força elétrica individualizada, sua intuição e sua capacidade de se comunicar de forma não verbal se potencializam, através dos sentidos, usando dos atributos de sua percepção, como o fazem os animais que não vivem em cativeiro. Tendo a sua fonte de energia própria e estando familiarizado com ela, o ser humano é capaz de modular através do seu pensamento e irradiar simultaneamente, ondas eletromagnéticas contendo sinais de som e imagem. A questão dimensional transforma-se de maneira pluridimensional e a dimensão de tempo e espaço se alteram substancialmente, numa experiência denominada “estado alterado de percepção e de consciência”.

O hiperorgasmo e a Supraconsciência...

Em nossas pesquisas sobre a bioeletricidade, descobrimos que o corpo humano é um acumulador bioelétrico. Quando os estímulos se manifestam na pele, com determinada intensidade e com uma certa freqüência, por um período de tempo, o orgasmo se intensifica, pela produção de maiores quantidades hormonais.
 
Serotoninas, Endorfinas e Oxitocinas circulam livremente pelo corpo, valorizando as conexões sinápticas, vinculações que ligam cada fibra nervosa, culminando com uma grande repercussão orgástica, de grande intensidade. A pessoa experimenta então novas sensações prazerosas, novos níveis de orgasmo e aquilo que denominamos hiperorgasmo, atingindo novos níveis de consciência e percepções. Nesse momento as pessoas experimentam riso, choro, lágrimas, êxtase e muitas outras sensações integrativas e concomitantes, difíceis de descrever, mas realmente muito intensas e prazerosas.
 
Os efeitos sobre o corpo, a mente, as emoções e a essência permanecem ainda por 48 ou 72 horas, exercendo um impacto meditativo sobre a pessoa.
Recomendamos aos nossos clientes que experimentem inicialmente a Sensitive Massagem, onde há uma grande exploração da Bioeletricidade através de manobras sutis na superfície da pele.
 
É muito comum querer iniciar com a Lingam Massagem ou com a Yoni Massagem, pois a maioria das pessoas ainda sofre o processo de genitalização. Mas é fundamental despertar primeiro o potencial elétrico de seu corpo, e tomar consciência de sua bioeletricidade. Esse fato por si só traz inúmeros benefícios.
Nosso objetivo é ajudar você a melhorar os níveis de prazer e de orgasmo. Procure um terapeuta credenciado e inicie seu processo de desenvolvimento sensorial. Agradecemos por confiar a sua intimidade aos terapeutas credenciados.
 
Caso necessite de maiores esclarecimentos, estamos a sua disposição. Você pode contactar um terapeuta credenciado em sua cidade, em entrar em contato diretamente conosco.

Leia mais...

By SUELENE PEREIRA DE SOUSA | 2017-06-04 06:05:25 | 412 Acessos | Tags :

De todas as formas de prazer, a mais contagiante e transbordante é o prazer sexual. A maior fonte de prazer que o ser humano pode experimentar é o orgasmo. Mas o orgasmo ainda está longe de ter todo o seu potencial desenvolvido e compreendido pela sociedade humana. Existem alguns fatores físicos e psicológicos que interferem negativamente sobre a natureza, a qualidade e a intensidade do orgasmo, afetando ou até mesmo anulando o seu potencial de transcendência.
 
Sobre o ponto de vista físico, as dificuldades se relacionam com o baixo tônus muscular dos músculos sexuais (os músculos penianos do homem e os músculos clitorianos e intravaginais da mulher). Como a sexualidade foi despertada de forma imprópria na espécie humana, normalmente com as práticas masturbatórias, muitos componentes de ansiedade e de rapidez da experiência orgástica prevaleceram, condicionando a experiência de orgasmo a situações antagônicas de medo, ansiedade e insegurança. Os fatores psicológicos foram determinantes em muitas situações, desqualificando a descoberta do prazer sexual, situando-a como algo sujo, proibido, prevaricado, indigno; feito nos porões escuros e subterrâneos da alma, sem que ninguém possa saber, como um ato de isolamento e de pecado.
Se você trabalhar sobre esse tipo de prazer, o orgasmo - e sobre esse instinto poderosíssimo, que é o instinto de preservação da espécie, a energia sexual começa a trabalhar a seu favor, liberando novos aspectos da sua sacralidade e da sua conexão com a fonte espiritual da vida, dando-lhe novas informações sobre o sentido e a importância de viver.
 
O orgasmo foi totalmente distorcido de seu propósito original, que é vibrar as células do corpo com tamanha originalidade que uma certa florescência luminosa impregna as células reprodutivas do corpo, abrindo sintonia com fontes mais elevadas e evoluídas ligadas à nossa natureza ancestral. É possível alcançarmos um grande Orgasmo, de proporções cósmicas que nos ligam às frequências do êxtase universal, onde um gozo de beatitude sideral nos conecta diretamente com a fonte da criação. Quando um casal harmonizado e envolvido por essa energia experimenta um orgasmo conjuntivo, integrado, que acontece aos dois ao mesmo tempo, com grande intensidade, há uma ligação espiritual que os coloca em sintonia com outras esferas, onde também se afinizam com seres que vibram nessa magnitude.
 
A compreensão do poder dessa sexualidade invoca um estado de consciência que integra o seu poder criador e os seus benefícios sobre a evolução do nosso mundo. Ao longo dos anos, tenho testemunhado a experiência de inúmeras pessoas que já experimentaram esse processo de transcendência. Muitas delas fazem parte da equipe do Centro Metamorfose, atuando e trabalhando no propósito de despertar em outros essa consciência da unidade, que não se nega a experimentar o caminho da elevação da energia Kundalini de forma consciente e equilibrada.
 
A descoberta da frequência mais elevada da sexualidade sagrada tem relação com a expansão do estado de amor, independentemente da condição dos parceiros serem heterossexuais ou homossexuais. Tem a ver com dois seres humanos dando prazer um ao outro, dedicando-se com a atenção focada em planos mais elevados de percepção, elevando o potencial do outro para penetrar nas altas esferas dos planos criativos.
 
O objetivo maior é o amor como essência e como condição básica da vida. É o reconhecimento e a constatação de que vivemos num Oceano Cósmico Universal, onde a água é substituída por um outro caldo energético, denominado amor. A conexão com essa fonte generosa de amor constitui-se como a experiência mais significativa da nossa vida, criando memórias que nos acompanharão eternamente, pois esses liames com a fonte do amor não podem jamais serem rompidos ou esquecidos.
 
Esse é o princípio do Tantra, cuja relação sexual é chamada de Sahaja Maithuna. No Tantra, a mulher, chamada de "Shakti" - termo que significa energia - é reverenciada como uma divindade. Ao invés de ser possuída, é ela quem “possui”, é ela que, através de seus movimentos, conduz todo o ato. Para o desenvolvimento da Sahaja Maithuna, é necessário preparar o corpo físico, condicionando os músculos sexuais para sustentarem uma qualidade maior de energia por um período de tempo suficiente. É necessário também desenvolver os sentidos físicos, preparando os agentes sensoriais para alterar o "Gunas" (a qualidade) das sensações; a visão se altera, a audição abre novas perspectivas cerebrais, o olfato e o paladar se alteram e o tato adquire uma condição elétrica que produz um efeito muito especial sobre o nosso corpo, de aspecto vibracional. Tudo isso junto para propiciar aos praticantes um novo estado de orgasmo cósmico, impregnado de uma nova resposta sexual, denominada de "Experiência Oceânica".
 
Encarar a sexualidade como um caminho na busca pelo auto-conhecimento e a evolução interior é um reencontro com o modo como nossos ancestrais cultuaram o sexo e a sexualidade, longe do hedonismo que parece prevalecer nos dias de hoje. Através da sexualidade sagrada, homens e mulheres conectam-se com um aspecto primordial da vida, onde prevalecem o direito, o amor, a liberdade e a justiça, campo fértil para a ampliação do nosso estado de consciência e expansão da nossa criatividade.
 
Esse caminho só será percorrido por aqueles que estiverem dispostos a encontrá-lo, valorizá-lo e reverenciá-lo, incorporando as suas práticas a uma nova forma de vida. A sua sexualidade pode ser adormecida, desperdiçada ou cultuada como uma fonte de rejuvenescimento e de prazer. Cabe a você fazer a sua escolha.
Convidamos você a conhecer o nosso trabalho e a desenvolver-se de uma maneira totalmente nova, explorando todo o potencial de expansão presentes no seu corpo. No Centro Metamorfose dispomos de todas as condições para você desenvolver a sexualidade sagrada. Os terapeutas credenciados mais experientes poderão conduzi-los através das práticas de fortalecimento dos músculos sexuais e na abertura dos sentidos, de forma a lhe permitir perceber o real significado da sexualidade sagrada.
 
Todos os trabalhos do Centro Metamorfose baseiam-se numa proposta que proporciona "resposta fisiológica" ao que está sendo proposto. Não possuímos uma visão esotérica ou mística do Tantra. Todas as respostas que acontecem durante os trabalhos surgem como resultado das movimentações energéticas e hormonais que sustentam a base dos resultados, principalmente sobre a atuação das glândulas, em particular a Glândula Pineal e o Timo.

Leia mais...

By SUELENE PEREIRA DE SOUSA | 2017-06-04 05:55:21 | 477 Acessos | Tags :

Durante séculos, a mulher foi privada do orgasmo por ele não estar vinculado à procriação. Só mais tarde o orgasmo feminino passou a ser admitido. As mulheres que atingiam o orgasmo sem o amor correspondente por um homem eram vistas como prostitutas, ninfomaníacas, ordinárias.
 
Muitas mulheres acreditam que compete aos homens orientá-las com relação à sua iniciação sexual e se frustram quando percebem que o homem pouco ou quase nada sabe a respeito do corpo feminino ou de como conseguir levá-la até uma situação de prazer e de orgasmo. Mesmo a descoberta da sexualidade através da masturbação é frustrante, limitada, tênue, empobrecida, rápida, ansiosa...
 
As mulheres, tanto quanto os homens, pouco ou nada sabem sobre os ciclos de respostas sexuais e suas manifestações sobre o corpo e o psiquismo. Nem mesmo conseguem reconhecer a sua anatomia e os pontos de prazer.
 
Em todos esses anos lidando com o Tantra, verifiquei que muitas mulheres sequer olham para a sua vagina num espelho, para explorar com movimentos conscientes e intencionais as partes capazes de produzir resultados excitatórios eficientes, como as glândulas de Bartholin e de Skene, por exemplo, localizadas nas laterais dos lábios internos, responsáveis pela lubrificação da entrada da vagina.
 
Os filmes pornográficos, usual fonte de conteúdo para grande número de mulheres, também são utilizados como uma tentativa de aprendizagem a respeito das condições sexuais ideais para se encontrar o prazer e o orgasmo. Muitas não percebem que aquelas imagens e situações são absurdamente impróprias para a realidade das relações, não suprindo a necessidade humana atrelada ao desejo sexual, de afeição, respeito e dignidade.
 
Ali, as mulheres são ofendidas, ultrajadas, difamadas e violentadas de todas as maneiras. As penetrações são vulgarizadas e em nenhum momento, o homem é orientado ou ensinado a tratar adequadamente o corpo feminino de forma a levá-la para situações reais de prazer e de orgasmo. As pessoas não percebem que as cenas ali construídas são falsas e atendem apenas aos interesses do mercado por produtos de consumo rápido.
 
A forma como o sexo é desenvolvido no meio social não permite incluir o afeto, o olhar, o cheiro, a sensualidade, o contato físico de pele sem a penetração dos genitais. Pelo contrário, homens e mulheres acreditam que sexo é penetração, conjunção dos genitais e ejaculação. Sem esses fatores, parece que o sexo não acontece.
 
Para o Tantra, o afeto, o cuidado, o respeito mútuo, a atenção, a dedicação, o olhar, todos os sentidos físicos, estão integrados como uma forma de se fugir da influência primitiva, instintiva e animal que se apropria da energia sexual.
 
Aprendemos que é possível compartilhar essa energia com muito mais intensidade, se usarmos os componentes afetivos e os sentidos, para promover estados alterados de percepção e de consciência, potencializando as experiências de orgasmo, de prazer e de êxtase.
 
No sexo primitivo, o homem usa a ejaculação como uma forma de alívio de tensão e relaxamento. Por isso, o homem experimenta a perda da vitalidade após o ato sexual, sentindo-se cansado e desvitalizado. A mulher, por sua vez, experimenta frustração pela desvitalização do homem e pela falta de sintonia nas ações. Ela se sente em segundo plano ou inferiorizada com relação ao orgasmo e ao prazer. A consequência é desastrosa para as relações, trazendo repercussões para o equilíbrio e o bem estar físico, emocional e espiritual das mulheres.
 
No Tantra, a mulher aprende a afetividade, o compartilhar, dar e também receber adequadamente, aprende a evoluir para outros limites além da compulsão obcecada e perversa pela penetração.
 
Nosso objetivo no Centro Metamorfose é ensinar às mulheres algumas das metodologias aplicadas pelo Tantra para mobilizar a energia para cima e não para as pernas - como é comum e habitual no sexo convencional. Elevando a energia, a mulher experimenta maior vitalidade e é capaz de sustentar o potencial de prazer e de orgasmo por mais tempo. O trabalho de elevação energética proporciona maior criatividade e interação com outros aspectos relacionados à sexualidade tântrica como uma forma de acessar novas condições inerentes à espécie humana, de transcendência e estados alterados de percepção e de consciência.
Este é o aspecto espiritual do Caminho Tântrico, o Caminho do Amor.
 
Nosso trabalho é dedicado às mulheres que realmente se interessem por um aprendizado e um aperfeiçoamento do uso e mobilidade de sua energia sexual, aprendendo a vitalizar-se e a elevar a energia, sustentando-a por muito mais tempo do que o convencional. Isso só é alcançado quando a pessoa se coloca numa posição passiva, receptiva e perceptiva em relação ao Método Deva Nishok.
 
Mesmo os nossos Grupos de Tantra não possuem objetivos sexuais, tão comuns na maioria dos Grupos de Tantra. Eu mesmo, no meu desenvolvimento, já participei de um grande número de trabalhos ligados ao Tantra. O problema é que investi o meu dinheiro com o objetivo de aprender algo que pudesse me ajudar e o que encontrei foram encontros de sexo liberado, praticados por pessoas que não tinham nenhuma aptidão especial ou pudessem enriquecer o meu pobre acervo de opções ligadas à esfera sexual. Pelo contrário, eram pessoas inexperientes que também estavam ali com o intuito de aprender práticas de elevação e sustentação da energia.
 
Em minha busca pessoal, pratiquei inúmeros processos que não satisfizeram as minhas necessidades, fiz formação em Samkhya Yoga, participei de trabalhos Taoístas, Budistas, fiz Kundalini Yoga, participei de grupos com a visão do NeoTantra, conheci grupos orgíacos. Nada disso me satisfez, apenas joguei o meu dinheiro fora. Tudo isso serviu para estabelecer os critérios daquilo que eu não quero fazer. Até que finalmente estabeleci uma linha de trabalho altamente qualificada e resolutiva, que auxilia o ser humano a encontrar as respostas que lhe dão satisfação e proporcionam prazer e auto-realização.
 
No Centro Metamorfose, o feedback que as mulheres nos dão logo após as sessões é o de que experimentaram novos potenciais da energia corporal, novas sensações, nunca antes sentidas com tal profundidade e clareza, mudanças de valores e concepções relativas ao prazer, ao orgasmo e ao potencial elétrico do corpo e da relação orgástica com essa energia.
 
Já tivemos o privilégio de atender senhoras de diferentes idades, inclusive com 80 anos, presenteadas pelas filhas, para que pudessem experimentar a incrível e transcendente experiência do Hiperorgasmo. Atendemos inúmeras mulheres que tiveram, de forma terapêutica, o primeiro orgasmo de suas vidas.

Leia mais...

By Rogério Rios Júnior | 2017-06-04 05:50:14 | 316 Acessos | Tags :

Também denominada ejaculação prematura, é a mais comum das disfunções sexuais masculinas. A ejaculação precoce (ejaculatio praecox) é inconfundível, caracterizada pela incapacidade do homem em controlar o reflexo ejaculatório. Uma vez que esteja sexualmente excitado, ele atinge o orgasmo rapidamente. A ejaculação precoce pode acontecer com ou sem a penetração; alguns homens ejaculam apenas com um pequeno estímulo tátil ou mesmo visual.
 
Para alguns clínicos, o tempo que decorre entre a introdução na vagina e a ejaculação é o critério para se determinar o diagnóstico. Para a Visão Tântrica do Caminho do Amor, um homem é considerado ejaculador precoce sempre que atingir a ejaculação antes que sua/seu parceira(o) obtenha o orgasmo e o ápice do prazer.
A capacidade do homem para controlar a sua ejaculação é crucial para que haja um perfeito desempenho no ato sexual, capaz de proporcionar prazer a ambos os parceiros. O bom amante sexual deve ser capaz de dar continuidade aos jogos sexuais, mesmo que esteja envolvido por um alto grau de excitação, permitindo à parceira/parceiro chegar a um alto nível de excitação e de orgasmo.
 
No Centro Metamorfose, oferecemos uma metodologia que promove a reeducação sensorial com base na percepção da energia sexual. Muitos homens confundem o nosso trabalho achando que é uma mera masturbação. Na verdade, desestimulamos os homens a praticarem a masturbação, pois segundo a nossa observação, ela é um dos condicionamentos que mais refletem sobre o mecanismo da ejaculação precoce, pois “vicia” o toque nos genitais na rapidez dos estímulos, criando reflexos involuntários difíceis de controlar.
 
Nosso trabalho não é masturbatório e nem recomendamos que os homens sustentem uma atitude sexual na relação com as nossas terapeutas, que não são garotas de programa e nem se prestam a satisfazer as fantasias sexuais dos clientes. Os clientes que desejam alimentar seus aspectos patológicos e perversos, subestimando a inteligência das mulheres, devem procurar meretrizes e prostitutas. Nosso espaço não se presta a esse tipo de atendimento, mesmo que outros espaços usem o Tantra como meio de prostituição.
 
O Método desenvolvido por Deva Nishok necessita que o cliente tenha uma outra postura, receptiva e aberta, dissociada da representação dos papéis sexuais. Ele precisa situar-se como um cliente que está sendo terapeutizado e não como um “macho latino”, que não sabe se comportar na presença das mulheres. O homem precisa aprender a também ser passivo, precisa aprender a receber os estímulos sensoriais relativos ao toque, a fim de reorganizar suas informações sensoriais nos centros de decodificação sensorial, localizados no cérebro e ao longo da coluna espinhal. Somente assim se tornará capaz de valorizar o toque da mesma forma que a mulher o valoriza.
 
Muitos homens possuem grande dificuldade em receber a afetividade e a carícia. Com isso, existe a dificuldade em compreender que o efeito produzido pelo contato suave produz determinados resultados na mente e no cérebro, que resultam na supremacia do orgasmo e do prazer. Por outro lado, a musculatura peniana é hipotônica – tem baixo tônus muscular – e não consegue sustentar uma energia mais alta de prazer com maior demanda, por mais tempo. Quanto maior é a valorização da masturbação e da fantasia, por parte do homem, maior a probabilidade de tornar-se ejaculador precoce e impotente.
 
Os problemas associados ao ejaculador precoce vão além da esfera genital. Junto com a ejaculação, o homem percebe a ausência ou a diminuição da sensação erótica. O trajeto das informações sensoriais do sistema nervoso fica congestionado com a excitação e com a proximidade do orgasmo e os homens acabam por experimentar uma sensação de anestesia dos órgãos genitais, pois a energia sobe muito rapidamente para o centro sexual adaptado, o cérebro congestionado de erotismo.
 
O homem que experimenta a anestesia genital não tem conhecimento deste fenômeno, simplesmente porque ainda não se reeducou sensorialmente, nunca depurou a sua percepção, permanecendo como um observador no momento do orgasmo. Quando o homem se coloca na postura de um observador, dissociado dos papéis de amante que representa no ato sexual, passa a compreender e a administrar melhor as mobilizações de energia provocadas pelo erotismo e pelo orgasmo, distribuindo a experiência da intensificação da energia, espalhando-a para outros músculos do seu corpo e não apenas concentrando-a nos músculos ejaculadores.
Os homens que sofrem de incontinência ejaculatória são infelizes e angustiados por conta dessa condição. A falha no controle do orgasmo produz a sensação de inadequação sexual, carregada com um sentimento de culpa e incapacidade de levar o outro a uma situação de prazer, de intimidade e de orgasmo. A falta de controle leva o homem a diminuir e a frustrar os seus contatos sexuais, sentindo-se envergonhado e ansioso. Muitos homens experimentam uma evolução do seu quadro para uma impotência reguladora, como uma reação ao quadro de medo, culpa, ansiedade e frustração.
 
A ejaculação precoce pode ter como origem causas físicas e psicológicas.
 
O Método Deva Nishok consiste em que o homem focalize repetidamente a atenção nas sensações do orgasmo iminente e aprenda a desviar a energia para outros músculos do corpo, espalhando o reflexo orgástico para o corpo, compreendendo que o orgasmo pode ser sentido em todos os músculos do corpo e não apenas nos segmentos genitais conforme foi condicionado em seu aprendizado anterior. O método também ensina ao homem como obter um melhor aproveitamento do orgasmo, através dos orgasmos secos (não-ejaculatórios) e múltiplos, de natureza não-sexual.
 
Recomendamos que os homens recebam de 6 a 10 sessões continuadas para obterem um bom aproveitamento do trabalho.

Leia mais...

By SUELENE PEREIRA DE SOUSA | 2017-06-04 05:53:35 | 612 Acessos | Tags :

Os homens aprenderam que o sexo é uma descarga de energia, conseguida por meio da manipulação rápida do pênis. Em geral, a descoberta do orgasmo se dá através da masturbação. O homem entendeu então que o procedimento padrão para um ato sexual é o mesmo: penetrar na vagina e copular rápido para obter a descarga ejaculatória do prazer.
 
Os filmes pornográficos, usual fonte de conteúdo de aprendizado para a maioria dos homens, mostram imagens e situações absurdamente impróprias para a realidade das relações. Ali, as mulheres são ofendidas, ultrajadas, difamadas e violentadas de todas as maneiras. As penetrações são vulgarizadas e em nenhum momento o homem é orientado a tratar adequadamente o corpo feminino, de forma a levá-la para situações reais de prazer e de orgasmo. O homem não compreende que as cenas ali construídas são falsas e atendem apenas aos interesses do mercado por produtos de consumo rápido.
 
A forma como o sexo é desenvolvido no meio social não permite incluir o afeto, o olhar, o cheiro, o contato físico de pele sem incluir a penetração dos genitais. Pelo contrário, homens e mulheres acreditam que sexo é penetração, conjunção dos genitais e ejaculação. Sem esses fatores, parece que o sexo não acontece.
Para a Visão Tântrica do Caminho do Amor, que aprendemos e desenvolvemos no Centro Metamorfose, o afeto, o cuidado, o respeito mútuo, a atenção, a dedicação, o olhar, todos os sentidos físicos estão integrados como uma forma de se fugir da influência primitiva, instintiva e animal que se apropria da energia sexual.
 
Aprendemos que é possível compartilhar dessa energia com muito mais intensidade, se usarmos os componentes afetivos e os sentidos, para promover os estados alterados de percepção e de consciência, potencializando as experiências de orgasmo, de prazer e de êxtase.
 
No sexo primitivo, o homem usa a ejaculação como uma forma de alívio de tensão e relaxamento. Por isso o homem experimenta a perda da vitalidade após o ato sexual, sentindo-se cansado e desvitalizado. No Tantra, o homem aprende a afetividade, a compartilhar, dar e receber, evoluir para outros limites além da compulsão obcecada e perversa da penetração.
 
Nosso objetivo no Centro Metamorfose é ensinar aos homens algumas das metodologias aplicadas pelo Tantra para mobilizar a energia para cima e não para as pernas, como é comum e habitual no sexo convencional. Elevando a energia, o homem experimenta maior vitalidade e torna-se capaz de sustentar o potencial de prazer e de orgasmo por mais tempo.
 
O trabalho de elevação energética proporciona maior criatividade e interação com outros aspectos relacionados à sexualidade tântrica como uma forma de se acessar novas condições inerentes à espécie humana, de transcendência e estados alterados de percepção e de consciência.
Este é o aspecto espiritual da Visão Tântrica do Caminho do Amor.
 
É de fundamental importância que o homem não venha ao Centro Metamorfose com uma intenção sexual. Não somos casa de programa e nossas terapeutas não são prostitutas. Homens que queiram satisfazer seus instintos sexuais não são bem vindos em nosso espaço.
 
Nosso trabalho é dedicado aos homens que realmente se interessam por um aprendizado e um aperfeiçoamento do uso e da mobilidade de sua energia sexual, aprendendo a vitalizar-se e a elevar a energia, sustentando-a por muito mais tempo do que o convencional. Isso só é alcançado quando a pessoa se coloca numa posição passiva, receptiva e perceptiva em relação ao Método Deva Nishok.
 
Mesmo os nossos Grupos de Tantra não possuem objetivos sexuais, tão comuns na maioria dos Grupos de Tantra. Eu mesmo, no meu desenvolvimento, já participei de um grande número de trabalhos ligados ao Tantra. O problema é que investi o meu dinheiro com o objetivo de aprender algo que pudesse me ajudar e o que encontrei foram encontros de sexo liberado, praticados por pessoas que não tinham nenhuma aptidão especial ou pudessem enriquecer o meu pobre acervo de opções ligadas à esfera sexual. Pelo contrário, eram pessoas inexperientes que também estavam ali com o intuito de aprender práticas de elevação e sustentação da energia.
 
Em minha busca pessoal, pratiquei inúmeros processos que não satisfizeram as minhas necessidades, fiz formação em Samkhya Yoga, participei de trabalhos Taoístas, Budistas, fiz Kundalini Yoga, participei de grupos com a visão do NeoTantra, conheci grupos orgíacos. Nada disso me satisfez, apenas joguei o meu dinheiro fora. Tudo isso serviu para estabelecer os critérios daquilo que eu não quero fazer. Até que finalmente estabeleci uma linha de trabalho altamente qualificada e resolutiva, que auxilia o ser humano a encontrar as respostas que lhe dão satisfação e proporcionam prazer e auto-realização.
No Centro Metamorfose, o feedback que os homens nos dão logo após as sessões é o de que experimentaram novos potenciais da energia corporal, novas sensações, nunca antes sentidas com tal profundidade e clareza, mudanças de valores e concepções relativas ao prazer, ao orgasmo e ao potencial elétrico do corpo, e da relação orgástica com essa energia.
 
A nossa abordagem terapêutica do Tantra tem auxiliado inúmeros homens que buscam descobrir os verdadeiros valores do seu corpo e da sua essência. Os homens nunca experimentaram o prazer corporal e genital com total intensidade, livres do comprometimento que o contexto sexual acarreta.
Nosso trabalho oferece um nível significativo de novos conhecimentos do corpo e das energias relacionadas ao corpo e ao prazer. Excelentes ferramentas de auto-desenvolvimento e expansão.
 
Nosso trabalho é indicado aos homens que realmente desejam aprofundar o seu conhecimento do corpo e de suas energias, e  é especialmente indicado para homens que sofrem dos percalços da ejaculação precoce e de variados níveis de impotência ou ainda para aqueles que trazem dificuldades relacionadas ao prazer e aos aspectos sensoriais.

Que benefícios o homem pode experimentar com o Método Deva Nishok?

  • Aprender a se relacionar com maior abertura e confiança, ser mais alegre e mais expansivo.
  • Conhecer e compartilhar do universo feminino, interagindo com a criatividade e o amor de forma livre, responsável e aberta.
  • Conhecer os aspectos sensoriais do seu corpo e do corpo feminino, aprendendo a obter os melhores resultados que mobilizem o prazer e o orgasmo, com ressonância em si mesmo.
  • Melhorar a sua performance e desenvolver novas habilidades no trato com a sexualidade.
  • Curar a ejaculação precoce e/ou dificuldades com a ereção.
  • Conhecer métodos alternativos para a impotência.
  • Descobrir novas perspectivas de Orgasmos: Orgasmos Secos, Múltiplos Orgasmos, Orgasmos de Vale, Orgasmos Contínuos, Orgasmos de Corpo Inteiro e a maravilhosa Experiência Oceânica, o Orgasmo da Unio Mystica, a fusão em comunhão do Masculino e do Feminino.
  • A Experiência Tântrica é repercussiva e amplia a satisfação e o prazer para outras áreas da sua vida.
  • Obter maior consciência corporal.
  • Conhecer aspectos da anatomia, a sua e a do(a) parceiro(a).
  • Despertar regiões sensoriais adormecidas.
  • Conectar a voz, a expressão, a comunicação e a respiração consciente às sensações que experimenta.
  • Reconhecer e controlar os estados de excitação a fim de ajustar-se às experiências ao ritmo do(a) parceiro(a).
  • Mobilizar a energia em espiral ascendente, preparando o volume e a intensidade orgástica.
  • Sensibilizar diversos grupamentos musculares em concomitância, amplificando a rede de músculos relacionadas com o orgasmo.
  • Potencializar o condicionamento dos músculos ejaculadores, preparando-os para maior volume de orgasmos e orgasmos múltiplos.
  • Reconhecer os diversos pontos de prazer, através dos sentidos.
  • Movimentar e mobilizar a energia (Sahaja) de forma intencional e consciente.
  • Aumentar a intimidade, a entrega e a confiança, resgatando a relação.
É enorme o número de homens com dificuldades para ter relacionamentos e relações sexuais satisfatórias. As mulheres reclamam demais da inabilidade dos homens. Os homens, por sua vez, simplesmente não sabem o que fazer, pouco ou nada conhecem da anatomia feminina, da localização do clitóris e o propósito de sua existência, da glândula de Grafenberg, como produzir intumescimento e emoliência nos músculos sexuais, como analisar e interpretar os sinais de aumento de volume energético e como sustentar a energia alta para levar ao orgasmo.
 
A maioria dos homens é reconhecidamente incapaz de produzir orgasmo nas mulheres. Aspectos como medo, insegurança, ansiedade, timidez são obstáculos que comprometem as relações. Some-se a isso o desconhecimento do corpo, da fisiologia do corpo e suas consequências.
As disfunções sexuais também são problemas frequentes para a maioria dos homens, principalmente a ejaculação precoce e as dificuldades de sustentação eretiva (problemas com a potência sexual).
 
Por meio dos nossos treinamentos, os homens aprendem a arte do toque, a usar os sentidos como alavanca para maior percepção e sensibilidade, estreitando os vínculos de companheirismo, de amor e de amizade.
 
Os terapeutas credenciados pelo Metamorfose são especialmente treinados para oferecer o conhecimento adequado do corpo e da fisiologia energética que permitirá alcançar maior plenitude nas relações. Recomendamos aos homens que desejam iniciar o seu desenvolvimento sensorial o seguinte roteiro:
Escolha o terapeuta credenciado que possa dar as orientações pessoais a respeito de seu desenvolvimento e acompanhar seu processo de evolução. Os atendimentos e as vivências podem acontecer de forma individual ou nos Workshops de Tantra. Os atendimentos individuais são privativos e apresentam resultados mais eficientes e mais rápidos.
 
O melhor é iniciar o processo com as massagens, na seguinte sequência: Sensitive Massagem, Êxtase Massagem, Lingam Massagem e P-Spot Massagem. Depois de receber a massagem, é importante aprender a técnica, fazendo os cursos. Então, você estará pronto para a Delerium - Treinamento Multiorgástico. É recomendável participar dos nossos Workshops de Tantra. Ali, homens e mulheres podem encontrar parceiros adequados que compartilhem os fundamentos tântricos. O ideal é você encontrar parceiros(as) que aceitem compartilhar as meditações e vivências propostas nos grupos, como uma forma para desenvolver suas habilidades tântricas em vários aspectos relacionados à vida pessoal.
 
Tantra – O Caminho do Amor - é um caminho que pode ser realizado com a ajuda de pessoas que já percorreram este trajeto. Não é correto dizer que há mestres no Tantra, as pessoas que já percorreram esse caminho e que já o conhecem, podem ajudar a guiá-lo até o ponto em que eles se encontram, até onde já se desenvolveram.
 
No Tantra – O Caminho do Amor, não acontece a fusão do homem e da mulher, como na união sexual comum, pois não há sexo inserido no contexto do trabalho, não há nem mesmo a exposição dos corpos. É preciso, em primeiro lugar, conhecer o princípio masculino e feminino que modela grande parte dos comportamentos no dia-a-dia. Quando a pessoa reprime suas questões sexuais, o resultado é uma afetação enorme no seu comportamento, na sua vitalidade e nas suas emoções.
A Experiência Tântrica é conhecida como a Experiência Oceânica, um grande orgasmo de proporções extra-corporais que desencadeia uma série de mecanismos reflexos, colocando os personagens numa dimensão de amor, compaixão e êxtase reconhecido como uma dimensão espiritual. Daí dizer-se que o Tantra transcende a sexualidade ordinária comum, identificando-se também como um caminho espiritual.
 
As meditações e suas práticas em grupo levam o casal a experimentar a fusão cósmica universal, deixando de temer a morte e a separação. As experiências de vida, morte e renascimento, oferecidas nas vivências e meditações tântricas do Centro Metamorfose, elevam os participantes a um estado de Amor e de Compaixão, à Bondade e ao desejo de compartilhar. Esse é o resultado de mergulhar na Experiência Oceânica.
 
Qualquer pessoa que se aproxima do Tantra obterá seus benefícios imediatamente. Os resultados das meditações são imediatos. Eles são percebidos naquele exato momento e se perpetuam organicamente, fixando-se no corpo da pessoa, em forma de memória, através de reflexos vegetativos, mudando o comportamento, de forma coerente com os desejos do coração…
 
Mesmo que a pessoa não integre para si a compreensão completa dos ensinamentos, ainda assim, o contato com as práticas ajudará a ter mais saúde, vitalidade e centramento, a criar uma vida mais harmoniosa e apaixonada.
 
Tantra é o conhecimento mais profundo que existe sobre a energia sexual, a energia vital. Seu uso correto é responsável pela beleza, juventude e atração entre os sexos. Somente o Tantra, através dos milênios, tem se atrevido a ensinar isso com a simplicidade, com a pureza e com a profundidade que os ensinamentos precisam ser passados.
 
Melhore a qualidade das suas relações!
 
Procure o Centro Metamorfose e agende uma sessão de aconselhamento com um terapeuta credenciado.
Nota importante: Os Métodos desenvolvidos por Deva Nishok são aplicados exclusivamente por terapeutas credenciados pelo Centro Metamorfose, listados em nosso site. Se você deseja conhecer o diferencial do nosso Método, atestado pela confiança e seriedade que nosso trabalho obteve ao longo dos anos, certifique-se de que o profissional está realmente habilitado.
 
Infelizmente, muitos profissionais irresponsáveis dizem que fizeram ou fazem parte do Centro Metamorfose e inclusive se apropriam do conteúdo de nosso site para propósitos ilícitos. Fique atento!
 
Deva Nishok está sempre reciclando e atualizando as suas técnicas, com base em suas observações e pesquisas. O estado vibracional característico do Método Deva Nishok começou a ser pesquisado em 1996 e até hoje encontra-se em evolução, aprimorando-se. Os terapeutas credenciados são experientes e possuem o Certificado de Capacitação fornecido pelo Centro Metamorfose. O Certificado possui os selos de reconhecimento em sua parte frontal.
 
Nunca é demais lembrar que o trabalho com a sexualidade é passível de riscos severos como contaminação por doenças sexualmente transmissíveis, pelo uso de componentes inadequados ao trabalho que não sejam esterilizados adequadamente, além de outros problemas de contaminação. Os profissionais credenciados pelo Centro Metamorfose seguem protocolos de biossegurança que protegem o cliente e o terapeuta dos riscos de contaminação.

Leia mais...

By SUELENE PEREIRA DE SOUSA | 2017-06-04 05:48:54 | 291 Acessos | Tags :